NO DIÁLOGO ENTRE A FÉ E CIÊNCIA – ...

1.  Acabo de ter conhecimento de que o tema para reflexão, no dia da Universidade Católica (7 de Fevereiro), é este: “No diálogo entre a Fé e a Ciência”. É um tema do maior interesse, uma vez que muitos considerem incompatíveis Ciência e Fé. Antecipo a reflexão que nos é proposta pela Universidade Católica, com dois documentos notáveis, um do Frei Bento Domingues, no Público de 24 de Janeiro e outro de uma informação recebida por e-mail e que é da autoria de Gabriel García Márquez, prémio Nobel da Literatura, uma carta enviada aos seus amigos. 2. O texto de Bento...

SER CRISTÃO HOJE – 24 de Janeiro d...

1. Num tempo caracterizado pela perda de valores espirituais, pode dizer-se que não é nada fácil ser cristão e assumir-se como cristão no meio da cidade. Muitos dizem-se agnósticos, constantemente à procura do transcendente que lhes escapa. Alguns afirmam-se mesmo ateus, recusando sistematicamente qualquer ideia de Deus. Há mesmo uns tantos que, a partir de um laicismo radical, consideram seu dever lutar contra qualquer ideia de religioso, vendo em Deus mais do que uma ilusão, um adversário a combater. Num mundo assim, é mesmo difícil ser cristão. • A sociedade está...

VÓS SOIS TESTEMUNHAS DO RESSUSCITADO ...

1. Todos os anos, entre 18 e 25 de Janeiro, as muitas Igrejas cristãs, celebram a Semana da oração pela Unidade dos Cristãos. Quem conhece os caminhos da história sabe que entre o século IX e o século XI se foi agudizando o grande Cisma do Oriente de que resultou a separação de muitas comunidades cristãs da Igreja, nascendo então a Religião Ortodoxa com inúmeras comunidades autónomas. Mais tarde, no século XVI aconteceram outras separações: Lutero, Calvino e Henrique VIII acabaram por fundar as comunidades vulgarmente chamadas protestantes que, por si, têm depois um...

MAIS UM ANO – 10 de Janeiro de 201...

1. Com o primeiro de Janeiro, começou o ano de 2010, ano que tem de ser tempo de esperança. No ano passado, a nível internacional e também na gestão da casa comum, em Portugal viveram-se muitos momentos de aflição. Todos falaram da crise e esta foi uma realidade bem visível no nosso viver colectivo. Com a falência de bancos, com a corrupção a invadir os sectores económicos, com a dificuldade em encontrar soluções rápidas, o desemprego atingiu números impensáveis, a situação dos mais pobres agravou-se exponencialmente, muitas empresas faliram e pobres envergonhados...

SE QUISERES CULTIVAR A PAZ, PRESERVA A N...

1. Desde 1968 que se celebra, em todo o mundo, o Dia Mundial da Paz. A paz constituiu sempre uma preocupação para a Igreja. Desde tempos imemoráveis que os Papas foram intermediários, nos diversos conflitos entre os povos, para conseguirem acordos de paz, autêntica salvação para populações em grande sofrimento. Com a segunda guerra mundial, multiplicaram-se as vítimas. Mais de 49 milhões de mortos na Europa, na Ásia e mesmo em África, uma vez que a guerra foi universal. Para além disso, a brutalidade das cidades destruídas, a violência sobre as pessoas que ficaram...