Reconciliação

“Ainda estava longe quando o Pai o viu, e enchendo-se de compaixão correu a lançar-se-lhe ao pescoço, e beijou-o. Disse-lhe o filho: Pai, pequei contra o céu e para contigo. Já não sou digno de me chamar teu filho. Mas o pai disse aos criados: Trazei depressa o trajo melhor e vesti-lho. Ponde-lhe um anel na mão e calçado nos pés. Trazei o vitelo gordo e matai-o. Comamos, façamos uma festa, porque este meu filho estava morto e voltou à vida, estava perdido e encontrou-se” . (Lc 15, 20b – 24)

DEUS NUNCA SE CANSA DE PERDOAR!

NÓS É QUE NOS CANSAMOS DE PEDIR PERDÃO!

Papa Francisco

Horários das Confissões

Terça-Feira – 16h30 às 18h30

Quarta-Feira – 10h00 às 12h00 e das 17h00 às 19h00

Sexta-Feira – 17h00 às 19h00

Por motivos de força maior, pode acontecer que em algum dia não seja possível atender em confissão nestes horários.

Nos feriados estes horários não se aplicam.

Fora dos horários indicados dirija-se ao Acolhimento e será atendido, sempre que haja um sacerdote disponível.

 

O que é o pecado?

O pecado é a infidelidade a Deus e à condição humana:

  • quando no meu coração não dou lugar a Deus.
  • quando, por ação consciente e deliberada ou por falta de cuidado, prejudico a vida, a dignidade, a realização ou a felicidade de alguém.
  • quando, de alguma maneira, faço de outrem meu escravo.
  • quando perco a minha liberdade deixando-me dominar por impulsos, vícios e paixões.
  • quando não faço o bem que está ao meu alcance: se não amar o próximo como a mim mesmo.

 

O que é a conversão?

  • é uma mudança de vida profunda e radical que atinge a forma de pensar e de agir, os critérios e atitudes;
  • é uma disponibilidade para mudar de rumo e seguir o caminho que Deus nos propõe em Jesus Cristo;
  • é acolher e aderir à vida nova que Deus nos oferece através do Espírito Santo;
  • é um processo de transformação que exige esforço e dedicação ao longo de toda a vida;
  • é uma exigência que nos renova interiormente para alcançarmos a plena estatura da vida cristã.

 

Celebrações da Misericórdia

No Advento e na Quaresma, a Misericórdia é celebrada no contexto de uma celebração onde, partindo da escuta da Palavra e da da oração, num ambiente cuidado e acolhedor, fazemos a experiência do perdão, que nos mergulha na liberdade e na paz. Nestas celebrações, há vários sacerdotes disponíveis para escutar e celebrar o sacramento da reconciliação.

Na catequese e grupos de jovens, são preparados momentos específicos, de acordo com as etapas e a preparação para receberem os sacramentos pela primeira vez, no sentido de poderem celebrar o sacramento de forma integrada e adequada à caminhada que aí fazem.