Unção


O SACRAMENTO DOS DOENTES 

A Unção dos doentes mostra claramente a solicitude corporal e espiritual do Senhor para com os doentes. A pessoa que está doente necessita de uma peculiar Graça de Deus para que não perca o ânimo na aflição, nem venha a fraquejar na fé, pela falta de confiança no Senhor. (Introdução ao Ritual, nº5).

Recebendo o Sacramento dos doentes, o enfermo pode suportar melhor, com mais fortaleza, os males que o afligem, e pode vencê-los obtendo a saúde do corpo e renovando-se na sua espiritualidade. Este Sacramento, pela oração feita sobre o doente e com o doente confere se necessário o perdão dos pecados e a consumação da Penitência cristã. (Introd. ao Ritual nº 6)

Por tudo isso, através da Unção dos Doentes, pede-se ao Senhor que o cristão regresse às suas normais actividades, às suas anteriores ocupações, uma vez que se pede a cura de toda a fraqueza, o sarar de todas as feridas, o alívio de todas as dores da alma e do corpo, o perdão de todos os pecados. (oração depois da unção, nº 77).

O Sacramento da Santa Unção é celebrado sempre que nos for pedido. Basta contactar o Acolhimento Paroquial.

No domingo próximo do Dia Mundial do Doente -11 de Fevereiro – a Paróquia tem o hábito de fazer uma Celebração Comunitária da Unção dos Doentes. Antes dessa Celebração as pessoas são preparadas por uma equipa pastoral.

Próximo desse dia os doentes que estão em casa e não podem sair, bem como os que estão em lares que connosco mantém uma relação próxima, também podem receber este Sacramento de Vida numa Celebração em suas casas às qual preside o Sacerdote acompanhado de membros da comunidade.