ELE É O FILHO DE DEUS-Ao começar o tempo comum, na liturgia do ano, a Pessoa de Jesus Cristo aparece como referência de vida para todos os cristãos. Neste segundo domingo, Jesus Cristo é anunciado na figura de Israel, o Servo do Senhor, é depois proclamado por João Baptista, o percursor e, finalemnte, está presente nas comunidades cristãs, começando por aquelas que os Apóstolos ajudaram a construir. No anúncio, na proclamação e na vida da comunidade é sempre Jesus que está presente como razão de ser das nossas vidas e como desafio a provocar nas comunidades de que fazemos parte.

Há um certo paralelismo entre o texto de Isaías que fala de Israel, Servo de Deus, com a Carta aos Hebreus onde se lê que “tendo outrora Deus falado aos nossos pais pelos profetas, nestes tempos que são os nossos, fala-nos por intermédio de seu Filho”. A voz de todos os profetas, outra coisa não ofereceu à Humanidade do que a garantia de que quando se cumprisse o tempo chegaria o Redentor do mundo. Quando Isaías fala de Irael Servo de Deus, está a anunciar Jesus que com a Boa Nova proclamará o Reino de Deus, o novo Israel.

João Baptista veio com uma missão específica. Como percursor, afirmaria Jesus como Filho de Deus. Este é o objectivo da sua vida, da sua pregação. Ele não é mais do que uma voz, mas nela está a certeza de que Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, é o Filho de Deus feito homem, é o Redentor, o Esperado das Nações. João não se limitou a reconhecer Jesus como Filho de Deus. Iniciou os seus discípulos na fé, relacionando-os com Jesus. O seu bpatismo era pobre, limitava-se a garantir a penitência necessária. Mas, Jesus vem trazer o dom de Deus, o Espírito Santo que é luz para todos os homens e transforma todas as coisas. Por isso mesmo João Baptista poderá dizer “que Ele cresça e que eu diminua”.

Se Israel era uma comundiade do Povo de Deus, se João Baptista fala a todos os seus contemporâneos convidando-os à mudança de vida, a presença de Cristo, Salvador do mundo, é também iminentemente comunitária. Assim sendo, na Carta aos Coríntios, Paulo ao instituir uma comunidade, tornou ali presente Jesus Cristo. E Jesus Cristo ficou na comunidade para sempre.

Comentários de Monsenhor Vítor Feytor Pinto

**************************************************************

LITURGIA DA PALAVRA:

  «EIS O CORDEIRO DE DEUS
QUE TIRA O PECADO DO MUNDO».

(Jo 1, 29)

I LEITURA – Is 49, 3.5-6

Anuncio do Messias, não como rei glorioso, mas como o «servidor de Deus»

Leitura do Livro de Isaías
Disse-me o Senhor: «Tu és o meu servo, Israel, por quem manifestarei a minha glória». E agora o Senhor falou-me, Ele que me formou desde o seio materno, para fazer de mim o seu servo, a fim de Lhe reconduzir Jacob e reunir Israel junto d’Ele. Eu tenho merecimento aos olhos do Senhor e Deus é a minha força. Ele disse-me então: «Não basta que sejas meu servo, para restaurares as tribos de Jacob e reconduzires os sobreviventes de Israel. Vou fazer de ti a luz das nações, para que a minha salvação chegue até aos confins da terra».
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL – Salmo 39 (40), 2 e 4ab.7-8a.8b-9.10-11ab (R. 8a e 9a)

Refrão: Eu venho, Senhor,
para fazer a vossa vontade. Repete-se

Esperei no Senhor com toda a confiança
e Ele atendeu-me.
Pôs em meus lábios um cântico novo,
um hino de louvor ao nosso Deus. Refrão

Não Vos agradaram sacrifícios nem oblações,
mas abristes-me os ouvidos;
não pedistes holocaustos nem expiações,
então clamei: «Aqui estou». Refrão

«De mim está escrito no livro da Lei
que faça a vossa vontade.
Assim o quero, ó meu Deus,
a vossa lei está no meu coração». Refrão

Proclamei a justiça na grande assembleia,
não fechei os meus lábios, Senhor, bem o sabeis.
Não escondi a vossa justiça no fundo do coração,
proclamei a vossa fidelidade e salvação. Refrão

II LEITURA – 1 Cor l, 1-3

No início desta carta, S. Paulo saúda a comunidade de Corinto, desejando-lhes «a graça e a paz de Deus».

Início da primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios
Irmãos: Paulo, por vontade de Deus escolhido para Apóstolo de Cristo Jesus e o irmão Sóstenes, à Igreja de Deus que está em Corinto, aos que foram santificados em Cristo Jesus, chamados à santidade, com todos os que invocam, em qualquer lugar, o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: A graça e a paz de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo estejam convosco.
Palavra do Senhor.

ALELUIA – Jo 1, 14a.12a

Refrão: Aleluia.  Repete-se

O Verbo fez-Se carne e habitou entre nós.
Àqueles que O receberam
deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus. Refrão

EVANGELHO – Jo 1, 29-34

O testemunho de João: quando baptizou Jesus, «o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo», viu o «Espírito Santo descer sobre Ele.»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
Naquele tempo, João Baptista viu Jesus, que vinha ao seu encontro, e exclamou: «Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. É d’Ele que eu dizia: ‘Depois de mim vem um homem, que passou à minha frente, porque era antes de mim’. Eu não O conhecia, mas foi para Ele Se manifestar a Israel que eu vim baptizar na água». João deu mais este testemunho: «Eu vi o Espírito Santo descer do Céu como uma pomba e permanecer sobre Ele. Eu não O conhecia, mas quem me enviou a baptizar na água é que me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito Santo descer e permanecer é que baptiza no Espírito Santo’. Ora, eu vi e dou testemunho de que Ele é o Filho de Deus».
Palavra da salvação.