XVII DOMINGO DO TEMPO COMUM-25 de Julho ...

«SENHOR, ENSINA-NOS A ORAR».                                                                                          (Lc 11, 1)  I LEITURA –  Gen 18, 20-32 Abraão negoceia com Deus a salvação de Sodoma.. SALMO – 137 (138), 1-3.6-8 (R. 3a) Refrão: Quando Vos invoco,                  sempre me atendeis, Senhor II LEITURA – Col 2, 12-14 A morte e a ressurreição de Cristo, o perdão, os pecados, o baptismo. EVANGELHO – Lc 11, 1-13 O poder da oração Para leitura dos textos litúrgicos clique aqui XVII DOMINGO DO TEMPO COMUM             Por volta de 1800 a.C., existiam na...

XVI DOMINGO DO TEMPO COMUM-18 de Julho d...

«MARTA, MARTA, ANDAS INQUIETA E PREOCUPADA COM MUITAS COISAS, QUANDO UMA SÓ É NECESSÁRIA. MARIA ESCOLHEU A MELHOR PARTE, QUE LHE NÃO SERÁ TIRADA.»                                                             (Lc 10, 41-42)  I LEITURA –  Gen 18, 1-10a A hospitalidade de Abraão é recompensada por Deus. SALMO – 14 (15), 2-3a. 3cd-4ab. 5 (R. 1a) Refrão: Quem habitará, Senhor, no vosso santuário? Ou:          Ensinai-nos, Senhor: quem habitará em vossa casa II LEITURA – Col 1, 24-28 “Agora alegro-me com os sofrimentos que suporto por vós e completo na minha carne o...

BOAS FÉRIAS – 11-07-2010

1. Quem parte para férias tem primeiro que arrumar as malas, de tal maneira que nada lhe falte nos dias em que está fora. O curioso é que tem também de arrumar a casa para a deixar suficientemente acolhedora para o regresso. Estes últimos dias são, então, de intenso trabalho. • É preciso pagar as últimas contas para não haver surpresas, com as multas a aplicar aos atrasados, com o desligar do telefone, da água e da luz, com o acumular de dívidas que complicam a vida em Setembro. • Será bom ter tudo em ordem, a roupa lavada, o frigorífico vazio, o congelador só com o...

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM – 11 de ...

«QUEM É O MEU PRÓXIMO?»                                                                 (Lc 10, 29) I LEITURA –  Deut 30, 10-14 Esta palavra está perto de ti, está na tua boca e no teu coração, para que a possas pôr em prática». SALMO – 68 (69), 14.17.30-31.33-34.36ab.37 (R. cf. 33) Refrão: Procurai, pobres, o Senhor e encontrareis a vida. Ou SALMO – 18 B, 8-11 (R. 9a) Refrão: Os preceitos do Senhor alegram o coração. II LEITURA – Col 1, 15-20 Em Cristo Jesus tudo adquire novo sentido: «Aprouve a Deus que n’Ele residisse toda a plenitude e por Ele fossem...

FAZER SILÊNCIO, UM DESAFIO – 04-07...

1. O mundo actual poderia ser chamado “sociedade do barulho”. De facto, sobretudo nas grandes cidades, o ruído é ensurdecedor. O trânsito nas ruas, a vozearia nos cafés e restaurantes, o atropelo das palavras nos autocarros ou nas filas de espera em qualquer repartição, tudo traz à cidade um barulho constante. Quando se entra em casa, mais tarde, logo se liga a televisão e a rádio, diz-se para ter companhia. Os noticiários e os outros programas exigem sempre o contraditório que é o sinónimo de uma discussão que não termina mais. É claro que já se não fala das discotecas...