SANTA MARIA, MÃE DE DEUS-CELEBRAR A PAZ- No primeiro dia do ano a Igreja celebra três festas, a de Maria Mãe de Deus, a da circuncisão de Jesus e a do Ano Novo. No começo do ano são muito necessárias as bençãos do Senhor que possam marcar os trezentos e sessenta dias do tempo novo que se inicia. Também se reconhece a importância de Jesus que nos é dado por Deus como filho de uma mulher, identificado assim com o mistério da vida de qualquer ser humano. Finalmente, a protecção de Maria, Mãe de Deus e Mãe nossa, é fonte de serenidade e de paz, nos tempos de alegria, como nos tempos de sofrimento. São três dádivas maravilhosas que de Deus se recebem: as suas bênçãos, o seu Filho Jesus e a Mãe d’Ele, Maria.

«ENCONTRARAM MARIA, JOSÉ

E O MENINO DEITADO NA MANJEDOURA».

(Lc 2, 16)

I LEITURA – Num 6, 22-27

A benção de Deus que é a paz.

Leitura do Livro dos Números
O Senhor disse a Moisés: «Fala a Aarão e aos seus filhos e diz-lhes: Assim abençoareis os filhos de Israel, dizendo: ‘O Senhor te abençoe e te proteja. O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e te seja favorável. O Senhor volte para ti os seus olhos e te conceda a paz’. Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel e Eu os abençoarei».
Palavra do Senhor.

SALMO- 66 (67), 2-3.5.6 e 8 (R. 2a)

Refrão: Deus Se compadeça de nós
e nos dê a sua bênção. Repete-se

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção,
resplandeça sobre nós a luz do seu rosto.
Na terra se conhecerão os seus caminhos
e entre os povos a sua salvação. Refrão

Alegrem-se e exultem as nações,
porque julgais os povos com justiça
e governais as nações sobre a terra. Refrão

Os povos Vos louvem, ó Deus,
todos os povos Vos louvem.
Deus nos dê a sua bênção
e chegue o seu temor aos confins da terra. Refrão

II LEITURA – Gal 4, 4-7

«Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, …».

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Gálatas
Irmãos: Quando chegou a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que estavam sujeitos à Lei e nos tornar seus filhos adoptivos. E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: «Abá! Pai!». Assim, já não és escravo, mas filho. E, se és filho, também és herdeiro, por graça de Deus.
Palavra do Senhor.

EVANGELHO – Lc 2, 16-21

Adoração dos pastores – Hugo Van der Gões (1440-1482)

A adoração dos pastores.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, os pastores dirigiram-se apressadamente para Belém e encontraram Maria, José e o Menino deitado na manjedoura. Quando O viram, começaram a contar o que lhes tinham anunciado sobre aquele Menino. E todos os que ouviam admiravam-se do que os pastores diziam. Maria conservava todos estes acontecimentos, meditando-os em seu coração. Os pastores regressaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes tinha sido anunciado. Quando se completaram os oito dias para o Menino ser circuncidado, deram-Lhe o nome de Jesus, indicado pelo Anjo, antes de ter sido concebido no seio materno.
Palavra da salvação.